• nicholaj9

A Vodousfera Oblíqua: Le Grand Ibo Lele

Atualizado: Jun 29

Frater Selwanga


A nação Ibo represente um mistério crucial do Vodou, pois fala da transmigração de almas em um ritual chamado de kase kanari ou quebrando o jarro. O objetivo deste ritual é permitir a passagem de uma parte da alma de um Houngan ou Mambo falecidos. Esse ente metafísico é chamado de zany e o zany escolherá seu sucessor por meio do ritual conhecido como kase kanari. O ritual consiste em servir o met tet do falecido por meio de uma modalidade secreta de magia ibo. No ritual estarão presentes os parentes do falecido e também pessoas consideradas aptas a receber o zany. Uma esteira coberta com um pano branco é colocada junto do pot tet do falecido e em outro recipiente coloca-se um galo, preferencialmente branco, junto de outros ingredientes com uma faca por cima, com a lâmina para o alto e em chamas. Um pano branco cobre o receptáculo de barro que serve de kanari e isso é feito de tambor e bate-se com varas em sua tampa no ritmo de Ibo.


Coloca-se junto do kanari uma bacia de água na qual flutua um Kwi caído (algo parecido a uma rolha). O boula (o menor dos três tambores) é tocado com duas varas pequenas, e também há uma tábua ou um banco pequenino que é usado como um kata (tambor). O âmago está em reproduzir a ressonância da água que emerge. O bater de leve nesses objetos irá atrair e chamar até a superfície o morto (ti bon anj) que reside nas águas abismais com o auxílio de La Siren Djaman que traz uma estrada de fogo aquoso das águas abismais até o lakou dos vivos.


Esse pote ou kanari é La Grand Ibo Lele. Ela é feroz, sábia e migrou das terras dos Ibo no sul da Nigéria e começou a trabalhar nas plantações de arroz ao redor do grande rio latibonit no Haiti. Esta é a região na qual a Sociedade Bizango foi fundada como uma defesa mágica para o Haiti, na qual encontramos correntes como Lakou Vodou, Fran Kongo e Fran Ginen, variantes do Vodou que diferem da tradição Assogwe ou Asson encontrada em Leogan, Jacmel e Porto-Príncipe pelo seu foco em manter os ancestrais divinizados vivos como protetores de suas casas e terras.


Esta é a razão pela qual cantamos Ibo Lele, Granmoun pa jwe o; que significa: “Ela não é alguém que brinca em serviço”. Ela conhece o valor do trabalho árduo, do ordálio e sabe o que é passar por dificuldades e seu canto completo é como segue:


Ibo Lele!

Ibo Lele o!

Ibo Lele, Latibonit

Granmoun pa jwe o

A cerimônia de kase kanari envolve a possessão por Guede e geralmente começa com Guede Brav ou Guede Nibbho e isso é apenas um sinal e um símbolo de que se deve continuar, partindo, indo embora e retornando... No porão dos Guede existem, de fato, várias câmaras. Quando o zany é chamado e também o Guede o é, alguém irá cair ao chão, possuído em um estado similar a de um cadáver e então passarão pó branco em sua cara, será perfumado e colocado na esteira na qual o zany mort (o anj do falecido) será removido para o kanari e o falecido então será convidado a repousar, sobre a égide de seu met tet (mestre da cabeça), com o veículo escolhido, assim o falecido será ressuscitado no reino do gwo bon anj de outro Houngan ou Mambo como uma estrela adicional – e assim esse zany ou mysté poderá continuar protegendo e ensinando os membros da sosiete.


Estamos aqui discutindo um mistério central do vodou que abarca a alma que é composta por várias partes. Os elementos básicos que são fusionados são o gwo bon anj (o grande anjo bom) e ti bon anj (pequeno anjo bom). O ti bon anj representa nossa individualidade, a memória e a personalidade da pessoa. O gwo bon anj é o espírito e a consciência, é aqui que nosso met tet reside e é nosso gwo bon anj que viaja pela vodousfera para dar lugar aos lwa chamados a possuir a usar nossos corpos.


A nação Ibo conta com, além de Grann Ibo Lele, Ibo Bibi, Ibo Kanman, Ibo Lele, Ibo Swaman, Ilou Kanman, Loko Davi, Lokosi Dayok Freda, Grann Ezili and Tokodou. Dizem que Loko Davi é a força que sustenta Ibo Lele na forma da árvore sagrada Iroko. Loko Davi, um houngan feito assim como o Rei David, um David perdido de amores por Grann Ezili, sua Betsabá, o amor proibido de possessão assassina. O Loko Davi ibo é um mysté quente conhecido como Azangon Loko no rito Petwo, uma força que esquenta e estala e se espalha como fluidos corrosivos.


La Grand Ibo Lele é um mistério obscuro, pois seu reino é a morte e a ressurreição, ela é o segredo do ventre. Seu corpo é o kanari fechado, o secreto que ela sempre guardará, mas que divide alegremente com a ciência tortuosa que faz os mortos viverem novamente.

253 visualizações