O "Pwen"

Frater Vameri


Foto retirada de: http://fupretytest.blogspot.com/2013/06/haiti-home-of-voodoo-and-their-vodoun.html


Um dos elementos do Vodou que são importantes e muitas vezes carecem de uma explicação mais cuidadosa ao iniciante é o Pwen. Neste artigo, eu me baseio na tese de doutorado de Kimberly Ann Grennough-Hodges para tentar elucidar um pouco esse elemento.


Em Krèyol, pwen significa literalmente ponto. Dessa simples análise podemos inferir que esse pwen é tanto a concentração de algo quanto algo que compõe uma coisa maior. Grennough-Hodges diz que o pwen pode ser um ponto físico – uma imagem, por exemplo -, um foco de energia e que é considerado como algo vivo que participa de um equilíbrio delicado e dinâmico que faz parte da própria orientação do universo. Logo, pwen é sim um ponto, mas um ponto que dança e que balança ao sabor das ondas cósmicas que banham o Vodou.


Kimberly também nos atenta para o fato de que pwens podem ser colocados em objetos (em um objeto ritual, por exemplo), em pessoas (em determinados rituais) e que os Lwas ou são pwens ou estão intimamente associados a eles. Ainda, a autora destaca que as próprias cerimônias de Vodou são pwens. De certa maneira, o pwen é algo da magia ou a própria magia.